Proprietário: 4 dicas para alugar (rápido) o seu imóvel


Todo proprietário e investidor em imóvel para aluguel conta com a receita mensal gerada pela locação.

No entanto, quando o imóvel fica vazio, além de não receber o aluguel, o proprietário assume despesas recorrentes como condomínio e IPTU, afetando significativamente o retorno do seu investimento.

Sabemos que o risco da vacância é próprio de qualquer investimento imobiliário, mas observamos que há algumas estratégias que podem reduzir significativamente o risco do imóvel ficar vazio e aumentar o retorno do proprietário no longo prazo. Listamos essas estratégias abaixo:

1) Anuncie o seu imóvel pelo preço de mercado

Hoje em dia, os inquilinos tem por hábito pesquisar os preços na internet antes mesmo de marcar uma visita.

Por isso, caso o seu imóvel esteja anunciado fora do preço de mercado, é provável que ele fique fora dos parâmetros máximos de busca definidos pelos interessados e as chances de receber visitas serão fortemente reduzidas.

Como definir o preço de mercado?

 Exija que a imobiliária disponibilize um profissional especialista em avaliação para visitar o seu imóvel, conhecer a região e fazer um levantamento dos preços de imóveis comparáveis alugados recentemente e disponíveis para aluguel. Só uma análise completa vai garantir que você não peça mais ou menos do que está sendo praticado no mercado.

2) Escolha uma imobiliária relevante e que conheça a região

Escolha uma imobiliária que conheça e já tenha realizado negócios na região onde seu imóvel está localizado e exija que ela disponibilize um profissional com experiência para visitar e avaliar o seu imóvel.

Além disso, escolha uma imobiliária que tenha uma equipe de marketing e comercial forte, com uma grande base de clientes. Essa ação irá garantir que você receba uma boa avaliação do preço de mercado do seu imóvel e encontre pretendentes mais rápido, reduzindo o tempo de vacância do imóvel.

3) Deixe seu imóvel pronto para receber um inquilino

No geral, quem busca por um imóvel tem a intenção de se mudar rapidamente. Por isso, é importante que seu imóvel esteja sempre pronto para receber um inquilino. Assim, você terá maiores chances de fechar o negócio.

Observamos que imóveis desocupados, limpos, em bom estado de conservação e com armários nos quartos (quando residenciais), piso e iluminação prontos (quando comerciais) alugam muito mais rápido do aqueles que não estão prontos para ocupação imediata.

4) Esteja aberto para negociações

O imóvel só gera dividendos se estiver ocupado por um bom inquilino que pague os aluguéis em dia.

Por isso, quando surgir um interessado com uma boa ficha cadastral, esteja aberto para negociar. Algumas concessões como pequenos descontos ou pequenos reparos no imóvel podem ser uma porta de entrada para um bom inquilino que pagará a você bons dividendos no futuro.

 

Fonte: casamineira.com.br

Proprietário: 4 dicas para alugar (rápido) o seu imóvel